Postado em 14 de Outubro de 2020 às 11h28

Consumo Consciente

Resp. Ambiental (35)

De onde vem, para onde vai? O que pode gerar depois de descartado?

O conceito moderno de sustentabilidade leva em conta a produção e consumo conscientes, o uso racional dos recursos naturais e seu reaproveitamento.

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos indicam que 29% dos brasileiros preferem comprar produtos de empresas com práticas sustentáveis.

Pesquisa realizada pela Ipsos Global Advisor com 14 nações, incluindo o Brasil, revela que as pessoas estão mais preocupadas com a necessidade da preservação ambiental.


- 65% dos entrevistados acreditam que os governantes devem priorizar ações de combate às mudanças climáticas na recuperação econômica após covid-19;
- 32% considera prioridade lidar com os resíduos produzidos;
- 79% afirma ter vontade de adquirir produtos mais saudáveis e melhores para o meio ambiente;
- 52% mostram disposição para comprar itens de segunda mão.

“Muitas vezes não sabemos de que são feitos os produtos que adquirimos, nem como são produzidos, se são biodegradáveis, se geram compostos tóxicos após o descarte ou durante a produção. É muito importante que o consumidor exija mais informações sobre os produtos que consome, podendo, assim, escolher o mais adequado. É necessário que a legislação proteja mais efetivamente o consumidor e o nosso planeta. Isso força o mercado a oferecer produtos que estejam de acordo com toda essa consciência ecológica de que tanto falamos”, afirma Maria Lúcia Bianchi, professora doutora da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Minas Gerais.

Recuperar e manter o planeta saudável requer um grande esforço coletivo. 

Iniciativas simples mostram como é possível reduzir o descarte de resíduos, reciclar eletroeletrônicos e promover o desenvolvimento sustentável. Reveja matéria.

Veja também

Implicações do descarte indevido de efluentes11/05/20Além de crime ambiental, a ação tem consequências à saúde Resíduos e efluentes gerados pelas atividades domésticas, industriais, do agronegócio e de serviços de saúde necessitam ser tratados por processos técnicos, de forma a garantir a integridade do meio ambiente e da população. Esgoto não tratado, lixões a céu aberto, poluição e descarte incorreto de resíduos podem......
Pescador cria projeto em defesa do rio e do futuro da profissão13/10/17Objetivo é promover a conscientização em relação às alterações do meio ambiente e criar soluções a parti r da comunidade. Reportagem e fotos: Maureci Junior Vencedor do VIII Prêmio Unochapecó-Caixa de Jornalismo Ambiental Homem simples, de fala mansa e sorriso fácil. Sob os cabelos grisalhos e a barba vultosa, a pele denuncia os anos de......
Lançado Movimento Lixo Zero Chapecó12/02/19Decreto estabelece que a Prefeitura de Chapecó e suas secretarias municipais se tornarão efetivamente Lixo Zero, até 2020. A Prefeitura de Chapecó apresentou na manhã desta terça-feira (12) à todas as entidades empresariais, de classe, educacionais, sindicais, culturais ou que representam qualquer tipo de movimento econômico no município o......

Voltar para NOTÍCIAS