Postado em 22 de Abril de 2019 às 16h15

Dia do Planeta Terra

Resp. Ambiental (35)

O Dia do Planeta Terra foi criado para conscientizar a humanidade sobre as maravilhas da grande esfera azul

Por Tuanny de Paula

Com uma rotação de 24 horas contínuas, o Planeta Terra estabelece a movimentação dos humanos a todo momento. Enquanto um lado está aproveitando o calor solar, o outro desfruta da luz lunar. A grande bola azul do universo faz com que a vida humana viva e sobreviva. E para lembrar da importância disso, desde 22 de abril de 1970, começou-se a celebrar o Dia do Planeta Terra.

A data serve para refletir e conscientizar a população sobre as marcas que deixa no mundo, pois elas surtem efeitos a curto, médio e longo prazo e estão cada vez mais preocupantes. Aquecimento global, efeito estufa, desastres naturais, dentre tantos outros acontecimentos são avisos da natureza para o que está acontecendo. 

Queira ou não, pautas como a sustentabilidade precisam e ganham espaços nos debates da sociedade. São discutidas soluções ambientais, sociais e econômicas que auxiliam na preservação da vida na Terra e consequentemente no bem-estar da população.

Segundo a organização WWF Brasil (World Fund for Nature), existem diversas formas de contribuir para a preservação do meio ambiente com um estilo de vida mais equilibrado. Dentre essas atitudes estão a alimentação e o consumo, que podem ser reduzidos para evitar sobras que serão descartadas como lixo.

O transporte também é uma atitude apontada pela organização. Os automóveis são os maiores responsáveis pelas emissões de gases de efeito estufa. Por isso, cada vez mais as bicicletas e veículos alternativos estão ganhando espaços nas casas e ruas das cidades.

O cultivo de árvores e hortas caseiras também são ações que podem ser pensadas e realizadas pela população. A árvore é um elemento simbólico do Dia da Terra e as plantas têm um papel fundamental para o meio ambiente, pois são capazes de reter dióxido de carbono, diminuir a poluição do ar, além de nos oferecer alimentos e sombra.

Veja também

Lançado Movimento Lixo Zero Chapecó12/02/19Decreto estabelece que a Prefeitura de Chapecó e suas secretarias municipais se tornarão efetivamente Lixo Zero, até 2020. A Prefeitura de Chapecó apresentou na manhã desta terça-feira (12) à todas as entidades empresariais, de classe, educacionais, sindicais, culturais ou que representam qualquer tipo de movimento econômico no município o lançamento do Movimento Lixo Zero, no Centro de Eventos Plinio Arlindo De Nes. Durante o ato, o prefeito Luciano Buligon ressaltou que cada......
Pescador cria projeto em defesa do rio e do futuro da profissão13/10/17Objetivo é promover a conscientização em relação às alterações do meio ambiente e criar soluções a parti r da comunidade. Reportagem e fotos: Maureci Junior Vencedor do VIII Prêmio Unochapecó-Caixa de Jornalismo Ambiental Homem simples, de fala mansa e sorriso fácil. Sob os cabelos grisalhos e a barba vultosa, a pele denuncia os anos de......
Tampinhas do bem!20/01/20 Em vez de irem para o lixo, tampas de plástico subsidiam ações de proteção animal em iniciativas de ONGs e associações Brasil afora Por Angela Piana A Organização Mundial da Saúde......

Voltar para NOTÍCIAS