Postado em 18 de Outubro de 2018 às 15h33

Programa Voluntário Ambiental RJ

Educação Ambiental (23)

Inea oferece vagas para voluntários na Floresta Estadual José Zago, em Trajano de Moraes.

O Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea) recebe, de 8 a 19 de outubro, inscrições para o Programa Voluntário Ambiental afim de preencher cinco vagas para o voluntariado regular, sendo uma para as áreas de apoio a serviços administrativos, educação ambiental, mídias sociais e duas para manejo de trilhas e do viveiro de mudas. As oportunidades são para atuação na Floresta Estadual José Zago (FLOE José Zago). O edital está disponível no portal de visitação do Inea.

Os interessados poderão se inscrever na sede da própria unidade de conservação, Estrada da Represa, s/n, bairro Represa, Trajano de Moraes, ou pela internet. Os documentos necessários são: ficha de inscrição preenchida, cópia de carteira de identidade, CPF, comprovante de residência e comprovante dos requisitos mínimos (carta de recomendação, auto declaração, certificados etc.), além de Curriculum Vitae.

Revista Servioeste Saúde e Meio Ambiente Os candidatos aprovados no processo, que conta com análise curricular, documental e entrevista, apoiarão os serviços administrativos; a gestão das mídias sociais; o...

Os candidatos aprovados no processo, que conta com análise curricular, documental e entrevista, apoiarão os serviços administrativos; a gestão das mídias sociais; o monitoramento e manutenção das trilhas e produção de mudas; a execução de serviços administrativos que envolvam os objetivos da FLOE e as atividades de educação ambiental.

A lista dos aprovados está prevista para ser divulgada no fim de outubro.

O objetivo do Programa Voluntário Ambiental é aproximar os cidadãos das práticas sustentáveis na gestão do meio ambiente, promovendo a sensibilização e o aprendizado sobre questões ambientais e o intercâmbio de experiências com os profissionais da área.

*Fonte: Inea
Fotos: ecoa.org.br

Veja também

Curitiba espalha canteiros de hortaliças nas escolas09/04/18Hortas de escolas são laboratório vivo e estimulam a alimentação saudável. A Prefeitura de Curitiba está espalhando canteiros repletos de hortaliças pela rede municipal de educação. Entre as 87 unidades com atividades de cultivo para os estudantes, 25 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) contam com o apoio dos técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Smab). São 6,6 mil crianças......
SOS Amazônia!25/09/19 Em 50 anos, maior floresta tropical do mundo já perdeu 20% do seu território pelo desmatamento. Extração ilegal, queimadas e conversão em pastagem ou plantio comprometem economia brasileira e impactam no clima......
Déficit de natureza18/05/20 Falta de contato com a natureza pode causar problemas à saúde. Um dos lados positivos dessa quarentena foi a redução da poluição e da emissão do gás ozônio. Pudemos vislumbrar, mesmo que do......

Voltar para NOTÍCIAS