Postado em 09 de Novembro de 2017 às 09h34

Destino correto

Educação Ambiental (16)

Seminário traz exemplos de como inovar com resíduos sólidos.

Pode parecer pouco, mas separar o lixo corretamente já é uma grande contribuição para o futuro do planeta. A terça-feira (07/11) foi um dia especial na Unochapecó para refletir essa e outras questões que envolvem o meio ambiente e a sustentabilidade. A Universidade sediou o 3º Seminário Regional de Resíduos Sólidos e mostrou que sim, é possível construir um futuro melhor, só depende de nós.

Palestras e debates integraram a programação do evento, que se estendeu nos períodos da tarde e noite. Durante o dia, em especial, um público diferente lotou o Salão de Atos da Instituição. Crianças e adolescentes participaram do seminário e curiosos buscaram saber mais sobre o tema. E o que mais chamou a atenção dos visitantes em geral foi a feira de artesanato e de produtos criados a partir dos materiais recicláveis, uma das principais atrações do evento. O objetivo era mostrar as inovações em mercadorias sustentáveis.

O estudante Willian Garbin Schultz, de 14 anos, participou do evento e já está fazendo a sua parte nesse processo de cuidado com o meio ambiente. O adolescente integra o projeto Protetores Ambientais, desenvolvido pela Polícia Militar Ambiental de Santa Catarina, e diz ter gostado bastante da programação do seminário. "O evento é uma forma de ver como podemos recriar algo que já foi usado, por exemplo, para assim ajudar o meio ambiente", comenta.

Revista Servioeste - Saúde e Meio Ambiente - Alunos conheceram a proposta sustentável das empresas
Alunos conheceram a proposta sustentável das empresas
Revista Servioeste - Saúde e Meio Ambiente - Empresa Estilo Verde incentiva o consumo consciente
Empresa Estilo Verde incentiva o consumo consciente
Revista Servioeste - Saúde e Meio Ambiente - Máquina faz a reciclagem do isopor para transformar em diversos produtos
Máquina faz a reciclagem do isopor para transformar em diversos produtos
Revista Servioeste - Saúde e Meio Ambiente - O viveirista agrícola Nilmar do Amaral falou sobre compostagem urbana
O viveirista agrícola Nilmar do Amaral falou sobre compostagem urbana
Revista Servioeste - Saúde e Meio Ambiente - A equipe do Fórum de Resíduos Sólidos de Chapecó
A equipe do Fórum de Resíduos Sólidos de Chapecó

Fórum de Resíduos Sólidos

O 3º Seminário Regional de Resíduos Sólidos foi promovido pelo Fórum de Resíduos Sólidos de Chapecó, constituído em novembro de 2011. Nesta edição, com o tema 'Sustentabilidade e Inovação', diversas palestras fizeram parte da programação.

Conforme Graciela Novakowski, uma das organizadoras do evento, o Fórum vem trabalhando ativamente em 2017 com a questão da separação dos resíduos sólidos, algo também muito debatido no seminário. "As pessoas que passaram por aqui viram possibilidades de desenvolver a reciclagem. Isso não somente na teoria, acompanhando as palestras, mas visualizando na prática o destino correto do lixo", finaliza.

Os integrantes do Fórum são: Unochapecó, ACIC Chapecó, Amarluz, Arsol, Asmavi, Azeplast, Casan, Fcter, Fibratec, Fundação Aury Luiz Bodanese, Iberê, Instituto Goio-en, Polícia Militar Ambiental, Prefeitura de Chapecó, Associação de Catadores São Francisco, Servioeste, Sindiplasc, Sociedade Amigos de Chapecó, TOS, Unimed Chapecó, Unoesc, Unopar, Verde Vida, OAB de Chapecó e UFFS.

Texto e fotos: Divulgação | Assessoria de Imprensa da Unochapecó

Veja também

App aproxima catadores de quem quer descartar produtos recicláveis23/02/18Através de um processo aberto, sem fins lucrativos e colaborativo, Cataki visa conectar geradores e catadores de resíduos, aumentando reciclagem e renda. Foi a partir da demanda que o grafiteiro e ativista Mundano idealizou o Cataki, aplicativo sem fins lucrativos que conecta catadores com pessoas e empresas que querem descartar materiais recicláveis. De julho de 2017 até fevereiro deste ano, a empreitada já recebeu registro de mais de 300 catadores e 30 cidades brasileiras. De acordo com a iniciativa, os catadores coletam cerca de 90% de......
Curitiba espalha canteiros de hortaliças nas escolas09/04/18Hortas de escolas são laboratório vivo e estimulam a alimentação saudável. A Prefeitura de Curitiba está espalhando canteiros repletos de hortaliças pela rede municipal de educação. Entre as 87 unidades com atividades de cultivo para os estudantes, 25 escolas e Centros Municipais de Educação......
Mutirão recolhe cerca de 40 quilos de resíduos na Baixada Fluminense13/03Ação de educação ambiental, promovida pelo Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (Inea), aconteceu na APA do Alto Iguaçu Cerca de 50 voluntários, incluindo especialistas em esportes radicais e guias turísticos, participaram de um mutirão de limpeza nas cachoeiras da Área de Proteção Ambiental (APA) do Alto Iguaçu, localizada na......

Voltar para NOTÍCIAS