Postado em 04 de Julho de 2018 às 15h38

Como se alimentar melhor no inverno

Vida Saudável (34)

Com a chegada dos dias mais frios, o apetite aumenta, pois o corpo gasta mais calorias para se manter aquecido.

É comum sentirmos o apetite aumentar no inverno. Segundo a nutricionista Franciela Viau, do Hospital Universitário de Canoas, no Rio Grande do Sul, isso ocorre porque o corpo humano necessita de um maior gasto energético nos dias frios para produzir mais calor e manter a temperatura corporal normalizada.

Com isso, é bastante comum que as pessoas descuidem da alimentação. De acordo com Franciela, o consumo de folhas e verduras diminui, embora seja “essencial seu consumo em qualquer estação do ano”. A nutricionista aconselha a ingestão nas versões refogadas, cozidas e assadas, sendo que brócolis, couve flor, berinjela, cenoura, beterraba, vagem, moranga e abóbora são excelentes opções para compor as receitas.

Um prato aliado da alimentação saudável no inverno é a sopa. “Aposte nas sopas com legumes e carnes magras e evite as industrializadas ou que contenham temperos prontos. Prefira ingredientes naturais como manjericão, manjerona, alecrim, coentro, pimenta, curry, páprica, noz moscada, gengibre entre outros”, aconselha.

A nutricionista salienta que as bebidas também precisam ser monitoradas nos dias frios. Ao consumir chocolate quente, por exemplo, é preferível o preparo com leite desnatado e cacau em pó. Já, o consumo de chás deve ser feito sem a adição de açúcar. “Além disso, não podemos nos esquecer da água, ela é essencial para o bom funcionamento do organismo e para a hidratação da pele”, finaliza Franciela.

Grupo GAMP

Revista Servioeste Saúde e Meio Ambiente Grupo GAMP O Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (GAMP) atua desde 2006 na prestação de serviços junto a governos municipais e estaduais...

O Grupo de Apoio à Medicina Preventiva e à Saúde Pública (GAMP) atua desde 2006 na prestação de serviços junto a governos municipais e estaduais em várias regiões do Brasil, se destacando pela gestão transparente, capacidade de administração de equipamentos de saúde e recursos públicos com responsabilidade. Com sede na capital paulista, atualmente está presente no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio Grande do Sul, onde é responsável pela gestão de quatro unidades de saúde em Canoas, Região Metropolitana de Porto Alegre: o Hospital Universitário (HU), o Hospital de Pronto Socorro (HPSC), duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Mais informações no site: www.grupogamp.org.br.

*Informações: Camejo Comunicação 

Veja também

Entre a liberdade e o bem comum. A incerteza nos bate à porta22/05/20 Potências econômicas correm para conter a propagação e encontrar soluções para a Covid-19. É assunto nos principais meios de comunicação ao redor do globo. Coronavírus esteve entre as palavras mais pesquisadas na internet. Para além das milhares de mortes, o novo vírus protagonizou memes, piadas misóginas, charges pouco......
Uso racional de medicamentos04/05/20OMS recomenda, mas quais são os limites A Organização Mundial da Saúde (OMS) promove o uso racional de medicamentos. O conceito é complexo. É preciso relativizá-lo levando em conta as diferenças culturais e socioeconômicas de cada país:......
O aroma das flores13/10/17A chegada da primavera aumenta os riscos de doenças respiratórias. Durante a primavera o cenário se transforma, árvores florescem e a temperatura se eleva. Além da beleza, a estação das flores traz consigo doenças alérgicas aos indivíduos previamente sensibilizados aos......

Voltar para NOTÍCIAS